You are currently browsing the tag archive for the ‘Olhar topográfico’ tag.

Na corrida das gotas
pelo rastro de sal
encontrando pêlo
no caminho queda.

Com gosto de nuvem
pelo céu molhando
olhos de interrogar
lábios se inclinando.

Num arvorecer plano
correndo dança folha
ocupando denso mata.

Numa fuga ao infinito
pelos ares rarefeitos
num abraçar global.

Anúncios
Anúncios